Aprenda como identificar resultados após implantar o manual de boas condutas com o seu time

Publicado em: 29/07/2020
Tempo de leitura: 2 minutos

Realizar reuniões e avaliações de desempenho é uma das tarefas que mais trazem retorno para um negócio. Essas ocasiões servem para reafirmar a parceria feita no momento da contratação de cada funcionário.

Assim como processos de desempenho escancaram a necessidade de mudanças nas condutas de uma equipe, é importante que o gestor se sinta responsável por dar o retorno para os funcionários após um tempo de aplicação das novas estratégias.

Nesse sentido, podemos perceber o quão é importante, para esse retorno, saber analisar e identificar quais os resultados foram conseguidos após implantar o manual de boas condutas com o seu time de funcionários.

Mas antes desse processo, é importante pensar em como são construídos os manuais de boa conduta:

Construindo o manual

Na confecção desse material, é importante considerar e conhecer a sua equipe. Esse conhecimento parte do entendimento da realidade de cada um dos colaboradores e daquele ambiente de trabalho.

Por exemplo, se por um acaso, um escritório de atendimento contábil, através de telefone, coloca como regra de boa conduta o silêncio absoluto, é bem provável que não exista um cumprimento por parte dos funcionários, até mesmo por suas funções naquele ambiente.

Informando o time de colaboradores sobre o manual

É imprescindível que todo acordo feito com e para os funcionários seja explicado para todos eles. Como assim? Pode ser que no dia de se reunir para alinhar sobre as novas normas de boa conduta um funcionário estava ausente. E agora?

Para evitar que qualquer funcionário esteja desinformado, é importante que essas informações sejam divulgadas e repetidas. A divulgação pode ocorrer por meio de e-mails informativos sobre a pauta e decisões feitas, assim como pode ocorrer através de papéis fixados pelo ambiente.

Estudando o comportamento dos colaboradores

Essa etapa já envolve a identificação dos resultados. É preciso, nesse momento, um empenho maior da gestão em observar e pontuar cada erro de cada funcionário. Isso deve acontecer não para criar um clima ruim, mas para que fique alerta e evite cometer novos erros.

Além da observação, é importante reiterar em alguns momentos os combinados feitos. Afinal, combinado não sai caro. Isso deve ocorrer de maneira coletiva e sem apontar os erros de cada funcionário, visto que isso já foi realizado.

Outra maneira de perceber esses resultados é conversar com todos os funcionários e perguntá-los sobre a receptividade das novas normas. 

Essa conversa serve para realmente entender se os funcionários estão cumprindo-as apenas na frente da gestão, ou se estão levando a sério os combinados.

Dando o feedback

Feedback é um fator relevante para uma boa gestão. Saiba dar os feedbacks com atenção e humanidade e, principalmente, com eficácia. 

Recados ameaçadores não incentivam funcionários, desmotivam. Entenda a situação do colaborador e tente trabalhar com as habilidades dele, tanto técnicas quanto emocionais.

Desse modo, tanto normas técnicas, quanto de boa conduta, têm maior probabilidade de serem seguidas, pois foi construído um ambiente respeitoso.

Caso você tenha se interessado por estas dicas e queira aprender a incluí-las na sua empresa, é só entrar em contato conosco, clicando em aqui e tirar as duas dúvidas.